Nossa missão é garantir o bem estar físico e psicológico das pessoas pelo cuidado com a saúde e conforto de seus animais.   

 

Rua Otávio Nébias, 190. Paraíso. São Paulo. SP

Tel.: 11 3884-7758 

VACINAÇÃO EM CÃES

 

Recomendamos que o protocolo de vacinação para filhotes inicie a  partir dos 45 dias de vida, para prevenção da Cinomose, Hepatite Infecciosa Canina, Adenovírus Canino Tipo 2, Parainfluenza Canina, Parvovírus Canino e Leptospirose canina.

Sabe-se que a presença de anticorpos maternos interfere no desenvolvimento da imunidade ativa. Por isso, os filhotes devem ser revacinados a cada 3 ou 4 semanas até 16 semanas de idade.

A resposta adequada à vacinação é diretamente ligada à competência imunológica de cada animal. Portanto, antes de iniciar o esquema de vacinação, o filhote deve ser examinado pelo Veterinário e receber a vermifugação. Também não aconselhamos vacinar o filhote assim que ele é trazido do canil ou abrigo para casa, já que pode estar incubando alguma doença. Sugerimos um período de observação de pelo menos, uma semana.

Indica-se também a vacinação contra a Tosse dos Canis (Adenovírus Canino Tipo 2, Parainfluenza Canina e Bordetella bronchiseptica), vacina contra Giardíase e no quinto mês de vida, a vacina Anti-rábica, em dose única e obrigatória por lei.


 

VACINAÇÃO EM GATOS

 

Recomendamos que o protocolo de vacinação para filhotes de gatos sadios tenha início a partir da sexta semana de idade, como auxiliar na prevenção das doenças, Rinotraqueíte, Calicivirose, Panleucopenia, presente na vacina conhecida como Tríplice Felina.

Os filhotes devem ser revacinados a cada 3 ou 4 semanas até pelo menos 16 semanas de vida. Antes de iniciar o esquema de vacinação o filhote deve ser examinado pelo Veterinário e receber a vermifugação. Também não aconselhamos vacinar o filhote assim que ele é trazido do gatil ou abrigo para casa, já que ele pode estar incubando alguma doença. Sugerimos um período de observação de pelo menos, uma semana.

O filhote deve receber um total de 3 doses da Vacina Tríplice com intervalo de 3 ou 4 semanas, e no quarto mês de idade a vacina Anti-rábica, em dose única.